Skip to content

Prefeito do Rio afirma que Bento XVI viajará ao Brasil em 2013 para a JMJ

4 de agosto de 2011

RIO DE JANEIRO, 04 Ago. 11 / 09:10 am (ACI/EWTN Noticias)

O Prefeito de Rio do Janeiro (Brasil), Eduardo Paes, afirmou no fim de semana passado (29 de julho) que o Papa Bento XVI viajará à capital fluminense em 2013 para comparecer à próxima Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

Conforme assinala a agência Reuters Brasil, Paes antecipou que Bento XVI confirmará a viagem ao final de sua próxima visita a Madri (Espanha) onde participará da Jornada Mundial da Juventude 2011 que se realizará nesta cidade entre os dias 16 e 21 de agosto.

No Palácio de Rio do Janeiro na manhã da sexta-feira passado, onde presidiu um encontro com autoridades do mundo do esporte, Paes disse que “o Rio de Janeiro está na moda, tem sorteio das eliminatórias, Jogos Militares, Copa das Confederações, Copa do Mundo e Olimpíadas, e tudo isso ajuda”.

Entretanto, o secretário de turismo do Rio, Antonio Pedro do Mello assinalou que outras cidades como Sao Paulo e Belo Horizonte também querem ser sede da JMJ 2013.

“Serão pelo menos 600 mil pessoas vindo de fora do Brasil para acompanhar este evento em um país católico com milhões de seguidores. Será importante para divulgar a imagem da cidade em termos de arrecadação de divisas, uma vez que tem um período de duração de aproximadamente dez dias”, disse ele à Reuters.

O Arcebispo do Rio, Dom João Orani Tempesta, está promovendo com entusiasmo a participação dos jovens na JMJ, mas ainda não houve um pronunciamento oficial sobre a seguinte sede do evento.

Em junho deste ano, Almir Franco de Sá Barbuda, designado pela presidente Dilma Rousseff para ser Embaixador do Brasil no Vaticano, assinalou em um evento com deputados em Brasília que a próxima JMJ poderia ser realizada no país.

Alguns meios indicaram então que o diplomata considerou um fato a celebração do evento no Rio, enquanto que outros a apresentaram como uma possibilidade.

O assessor de imprensa da Arquidiocese do Rio, o Sr. Adionel Carlos da Cunha afirmou à ACI Digital que a arquidiocese está esperando a confirmação oficial do Papa que virá na manhã do dia 21 de agosto. Ele acrescentou que os comentários do prefeito expressam apenas o desejo do povo carioca de ser anfitriões do evento e não devem ser tomadas como uma confirmação de que a próxima JMJ será no Brasil.

(Atualizada em 4/08/2011, 15:45h, GMT-03:00)

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: