Skip to content

LÍDERES RELIGIOSOS DO MUNDO REZAM PELA PAZ LOS ASSIS

3 de novembro de 2011

APRECIAÇÃO unânime da Iniciativa do papa

ASSIS, quinta-feira, 3 de novembro de 2011 ( ZENIT.org ) – Líderes Religiosos de Todos os Que participaram do Dia de Reflexão, Diálogo e Oração Pela Paz eA Justiça sem Mundo, promovida no dia 27 Último los Assis, nd Itália, aplaudiram uma Iniciativa do Papa e ressaltaram uma importância de Rezar e dialogar Pela paz.

O patriarca de Constantinopla Ecuménico Bartolomeu I, afirmou Que o Diálogo desen LeVar a “considerar o Outro Como Sujeito de Relação e nao Como Objeto de indiferença”, “porqué E Na indiferença Que Nasce o Ódio, o Conflito, a Violência”.

“Contra cessos homens, assim o Diálogo e UMA Solução Possível e de Longo prazo”, Observou, Recordando Que “nao vivemos apenas uns contra OS Outros, uns UO do Lado dos Outros, Mas principalmente uns Junto com OS Outros, EM Espírito de paz , de Solidariedade e de Fraternidade “.

“Os Responsáveis ​​Pelas Religiões devem si encarregar do Processo de restabelecimento da paz.Simplesmente nao e verbal. Exige Que elementos sejamos Fiéis à Nossa Fé, Fiéis AO Designio de Deus para o Mundo, respondendo AO Que marca Ele quer “.

O doutor Rowan Douglas Wichams, arcebispo de Canterbury, Cabeça da Igreja Anglicana, Definiu Como “Uma grande honra” celebrar o Aniversário da Primeira Jornada de Oração Pela Paz, promovida Pelo beato João Paulo II.

Uma paz duradoura, Segundo ele, “Onde começa NÓS vemos o Próximo Como A, nos Mesmos e quando começamos uma porção entendre Que e Como devemos amar o Próximo Como A, nos Mesmos”.

Os cristãos, especificou, não reconhecem Próximo “Só nao alguem Que temperatura los si ‘uma imagem de Deus’ em Virtude da Criação, Mas alguem Que temperatura los also si uma semelhança de Jesus Cristo los Virtude da nova Criação”.

ASSIM, “nao somo estranhos uns Outros EAo. E temos Que encontrar o MoDo de concretizar Este reconhecimento RECIPROCO los RELAÇÕES de Amizade verdadeiras e duradouras “.

O doutor Olav Fykse Tveit, Secretario Geral do conselho Ecuménico das Igrejas, louvou o Encontro de Assis destacando Opaco “O Mundo Precisa de reuniões Entre OS chefes das comunidades Religiosas”, ASSIM Como de “Construtores de paz uma Partir da fé”.

Recordando Jerusalém, anunciou Que Tveit, par o conselho Ecuménico das Igrejas, “um Compromisso Preciso parágrafo OS Próximos Anos soros o de trabalhar Por UMA paz justa los Jerusalém” e parágrafo de Todos os Povos Que Vivem na Cidade e Torno Dela los. “Somos Responsáveis ​​Diante de Deus, e uns Diante dos Outros, Pela paz do Nosso ritmo e also Pelo Que dizemos Ou não dizemos parágrafo alcançá-la”, declarou.

Por SUA Vez, o Rabino David Rosen, Diretor do departamento de ASSUNTOS Inter-Religiosos da American Jewish Committee (AJC), começou Falando do Conceito de Peregrinação. “Uma Peregrinação é e Por Definição, Muito Mais Que UMA Viagem. Como um pé, Palavras hebraicas parágrafo São Peregrinação “aliá a’regel ‘Expressão Que significa” subida “, hum hum Conceito Que tinha Significado Tanto literal Como Espiritual: literal porqué Subia-SE dos montes de Judeia ATÉ o Templo de Jerusalém, e Espiritual , OU Simbólico, não SENTIDO de subir uma Rumo Deus.

“Este Conceito de Peregrinação, de Ascensão, e centrais nd Visão profética do estabelecimento do Reino dos CEUs na Terra, uma Visão messiânica de paz universal”, completou Rosen.

Rosen retomou ainda hum Comentário do grande Rabino Meir Simcha de Dwinsk, Que viveu HÁ UM Século, Falando Sobre a Diferença Entra uma paz da arca de Noé eA Visão profética de Isaías. Caso não Primeiro, a paz era uma possibilidade Única, e nd Visão de Isaías ELA Nasce fazer “Conhecimento do Senhor”, surgindo da Mais Íntima Compreensão Espiritual e da Vontade livre.

“Para muitos não Mundo, a Paz e UMA necessidade pragmática, e Verdade IstoÉ”, Observou Rosen, Mas uma paz Que OS Homens e Mulheres como desejam outra E: “subir à Montanha do Senhor”, OU “Uma Idéia de paz Como Expressão da Vontade divina sublime e divina da imagem los Que TODO serviços CRIADO Humano é “. Homenageando o beato João Paulo II, e expressando Seu sucessor Gratidão AO Bento XVI, o Rabino recordou OS sábios do Talmud.”Eels Que ensinam uma paz nao então E los Nome de Deus (…) Mas o requisito also e indispensável um parágrafo Redenção”.

Diferente FOI o Enfoque do Secretario Geral da Conferencia Internacional dos Estudiosos Islâmicos (ICIS) e ex-Presidente da Nabdlatul Ulama (NU), o Indonésio Kyai Haji Hasyim Muzadi. Sua Reflexão começou com uma constatação de Opaco “muitos Problemas Entre OS Homens Nesta terra dos VEM UMA Que seguem religião”, Isto É Mas nao significa “Que OS Problemas Que surgem Entre OS Homens Que pertencem uma UMA religião sejam originados Pela religião los si”.

Pará o expoente muçulmano, o Que Gera Conflitos e tensões simples e o Fato de Que “, como Religiões autênticas” “podem ter Seguidores Que nao São capazes de compreender o Seu caráter Saudável de MANEIRA Plena”, Uma carência Que PoDE LeVar “à distorção da religião “.”Toda religião possui Identidade Própria”, mas “hum caráter Comum de Toda religião e um par de Criação Esperança uma harmonia Entre OS Homens, paz, Justiça e PROSPERIDADE e hum Melhor Nível de vida”.

Sua Receita parágrafo Chegar “uma harmonia e coexistência UMA duradouras Entre Religiões como” simples e: “Não se Deverià Mudar o Que É Diferente, Nem impor OS Pontos de vista Que nao si compartilham”. O delegado muçulmano also abordou o Perigo de instrumentalizar uma religião. “Nosso dever, Como comunidades Religiosas, LeVar e um sistema operacional Todos os crentes de uma Liberdade de Verdade compreender o Próprio Destino, e de como Corrigir Visões equivocadas das Religiões Que levam uma Conflitos Sociais”.

A Representante dos “crentes nao o” ou agnósticos, Julia Kristeva, preferiu começar SUA Reflexão com conhecidas como Palavras de João Paulo II: “Nao tenhais Medo”. Segundo um. Filósofa e Psicanalista, ESTAS Palavras nao São voltadas apenas EAo crentes, porqué Todos incentivavam uma Resistir AO totalitarismo “O Chamamento Desse papa, apóstolo dos DIREITOS HUMANOS, nsa encoraja also uma Temer nao um EUROPEIA Cultura, mas, AO CONTRÁRIO, um Ousar o humanismo”.

“Diante das crises e das ameaças agravam Que si, Chegou uma IDADE da Aposta”, continuou uma francesa de Origem Bulgara. “Ousamos apostar nd Renovação Contínua das capacidades de Homens e Mulheres de CRER e Conhecer Juntos, parágrafo Que não ‘Multiverso’ de Vazio, uma humanidade POSSA perseguir ainda o Seu Próprio Destino Criativo nenhum dos prazos Longo”, concluiu.

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: