Skip to content

R.C.C e Arquidiocese de Manaus repudiam evento ‘M.I.S.S.A’ por desrespeito à fé católica

14 de novembro de 2011

ATAQUE À IGREJA CATÓLICA

MANAUS, 14 Nov. 11 / 04:26 pm (ACI)

Junto com a Arquidiocese de Manaus, membros da Renovação Carismática Católica (RCC) de Manaus iniciaram na internet uma campanha contra a realização de uma festa da companhia M1 Eventos chamada M.I.S.S.A (Movimento dos Interessados em Sacudir Sua Alma), evento que evoca desrespeitosamente símbolos da liturgia e tradição católicas.

A arquidiocese também entraria na justiça para impedir a realização do evento em Manaus que já teve edições em outras cidades brasileiras.

Segundo a informação divulgada pelo G1- Amazonas, “a balada, prevista para ocorrer dia 7 de dezembro, pretende reunir pelo menos cinco mil jovens em um resort da capital na véspera do feriado estadual de Nossa Senhora da Conceição, padroeira do Amazonas”.

Em declarações ao G1 o secretário do Grupo de Oração Jovem Nossa Senhora dePentecostes, Roberto Júnior, afirmou que “os jovens católicos estão encarando o nome da balada como uma afronta e “falta de respeito” à religião”.

“A missa é o ápice da nossa fé e está no centro da nossa vida comunitária cristã”, disse, acrescentando que “a festa é uma espécie de profanação do sagrado”.

“Na balada, eles fazem o uso das vestimentas de padres e freiras para recepcionar os participantes da festa. Além disso, há um fotógrafo fantasiado de Papa e a mesa utilizada pelo DJ é decorada para dar a entender tratar-se de um altar. Uma ofensa!”, ressaltou.

Como forma de repúdio à festa, os jovens da RCC criaram a campanha “Eu Sou Contra, Contra o Evento M.I.S.S.A – M1 Eventos”, no facebook.

Os jovens também criaram uma petição pública on-line, que deve ser encaminhada ao Ministério Público do Amazonas, com intuito de impedir a realização da festa.

“O nosso objetivo é coletar pelo menos dez mil assinaturas”, afirmou Roberto Júnior.

Em nota citada pela matéria do G1, a Arquidiocese de Manaus afirmou que o evento M.I.S.S.A. ofende os direitos de personalidade da instituição Igreja Católica além do direito de imagem e honra da mesma.

“Cumpre-se ressaltar que tal festa viola o artigo 208 do código penal, visto que o mesmo considera como crime de vilipendio público de ato ou objeto de culto, todo ato atentativo contra os objetos de devoção religiosa, bem como, as imagens relíquias, como também, os que se destinam a manifestação do culto”, afirma um trecho da missiva da arquidiocese.

A diocese também vai tomar medidas na justiça para que a sua identidade, direito de imagem e a proteção dos objetos de culto sejam respeitados. O objetivo é “garantir que seus fiéis não sejam ofendidos por um evento que fere o princípio da liberdade religiosa e reforça preconceito”, ressalta a nota de imprensa divulgada pelo portal G1 de notícias.

Para visitar a página no facebook contra o desrespeitoso evento da M1 em Manaus, visite:
http://www.facebook.com/event.php?eid=235654813166184

Para assinar o abaixo assinado contra a realização do evento, acesse:http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2011N16382

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: