Skip to content

Jesus está diferente…

25 de março de 2013

Depois de tanta euforia e festejos após a entrada triunfante de Jesus em Jerusalém, Ele entra no Templo, observa tudo e como já era  tarde, saiu para Betânia com os doze que eram muito próximos Dele.

Eu os acompanhei, pois já não mais sabia ficar sem seus ensinamentos e sua doutrina que acalentava minha alma.

FigueiraNo dia seguinte, ao sairmos de Betânia, Jesus se queixou de fome. Vendo ao longe uma figueira coberta de folhas, aproximou-se para ver se encontrava nela alguma coisa, mas, ao chegar junto dela, não encontrou senão folhas, porque não era tempo de figos. Tomando então a palavra, disse-lhe:

– “Nunca mais alguém de ti coma fruto!”

Percebi que Jesus estava diferente, com os olhos entristecidos, talvez, mas não compreendi… Depois de tanta exaltação no dia anterior, o que será que lhe deixou entristecido?
Seus discípulos também ouviram e se calaram imediatamente.

Seguimos em frente, rumo a Jerusalém, e durante todo trajeto, não se ouvia uma só palavra. O silêncio pairava mediante a surpresa de que Jesus amaldiçoara uma figueira por não ter frutos, mas Ele sabia como todos nós, que não era tempo de figos.

Jesus-expulsa-mercadores-do-templo-e1328154675823Chegamos em Jerusalém e o espanto aumentou, pois Jesus entrou no Templo e começou a expulsar os que aí vendiam e compravam. Derrubou as mesas dos cambistas e os bancos dos que vendiam as pombas. Não permitiu que ninguém levasse nenhum objeto através do Templo. E verberou:

– “Não está escrito que a Minha casa será chamada Casa de Oração para todos os povos? Vós, porém, fizestes Dela uma caverna de ladrões.”

No final deste dia, pouco mais de setenta pessoas o acompanharam, a multidão que o aclamara um dia antes fugira como ratos no esgoto depois do boato que ouviram de que os Príncipes dos Sacerdotes e os Escribas procuravam um modo de O matar, pois tinham medo D’Ele, porque todo o povo estava maravilhado da Sua doutrina. Ao cair da tarde saímos para fora da cidade.

Eu estava confiante que tudo que estava entristecendo Jesus iria se dissipar, Ele estava cansado, precisava descansar. Não acredito neste boato de que queiram matá-lo, pois seus ensinamentos, sinais e prodígios são próprios do bem. Ele nos ensinou a amar Deus como nosso Pai e que precisamos estar continuamente em oração para estarmos na Graça de Deus.

Um jovem que nos traz a tranquilidade da paz, da união e partilha… Que mal pode fazer?
Amanhã será um novo dia… tudo vai ficar bem, assim seja. Amém.

Vanuza, filha de Valdomiro – carpinteiro.

Fonte: Dinâmica Proposta pela Pastoral
Responsáveis pelo Ciclo Pascal

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: