Skip to content

Atriz espanhola se desnuda em uma capela de Sevilla para promover doces

16 de dezembro de 2011

ATAQUE À IGREJA CATÓLICA

SEVILHA, 16 Dez. 11 / 09:51 am (ACI)

A Arquidiocese de Sevilla (Espanha) deplorou a publicação de um calendário da empresa alemã de chocolates e biscoito Lambertz que inclui uma fotografia tomada dentro de uma famosa capela sevilhana na que a atriz Paz Vega aparece nua em um genuflexório.

A firma alemã Lambertz contratou a conhecida atriz para seu calendário de 2012. Um dos locais escolhidos pelos produtores foi a capela Nossa Senhora da Encarnação, onde obtiveram a permissão da Irmandade da capela sem informar sobre as intenções de que a atriz se despisse.

O Arcebispado sevilhano assinala em um comunicado deste 15 de dezembro que a Irmandade de Nossa Senhora da Encarnação autorizou as imagens, “sem conhecimento nem consulta prévia do Arcebispado, como teria sido conveniente”.

Deste modo assinalam que estes fatos “atentam contra os sentimentos dos fiéis, ferem a sensibilidade dos devotos da Virgem de La Gerena e transgridem a disposição da legislação canônica para o uso de lugares sagrados”.

Seguidamente recordam que o Código de Direito Canônico estabelece que deve-se evitar algo que não esteja em consonância com a santidade do lugar.

Por isso, explicam, “são objeto desta proibição aqueles atos contrários à natureza eclesiástica do lugar, como é o caso de concertos de música profana, ou reportagens fotográficas como o que este”.

O Código de Direito Canônico estabelece ademais que “em um lugar sagrado só pode ser admitido aquilo que favorece o exercício e o fomento do culto, da piedade e da religião, e fica proibido o que não esteja em consonância com a santidade do lugar”.

Finalmente, o Arcebispado, recordando que a reportagem teve a autorização dos administradores do lugar, exorta “às pessoas e entidades que encarregadas da custódia e da manutenção dos lugares e bens sagrados, a que tenham extrema diligência nesta tarefa”.

Assim, precisam os autores do comunicado, poderão evitar “ser objeto de engano ou manipulação por parte de terceiros, como parece que ocorreu no caso da reportagem fotográfica realizada na capela da Virgem de La Gerena”.

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: